SAÚDE OCUPACIONAL

Exame admissional

Aliás, o correto é pré admissional, pois o candidato à vaga de emprego deve realizar este exame antes de ser admitido. É no exame pré admissional que o médico do trabalho irá levar em consideração pelo menos três fatores de suma importância para definir a aptidão para o trabalho, primeiro os riscos ocupacionais a que o colaborador estará exposto,  segundo, quais as tarefas que ele irá exercer e em terceiro e não menos importante a condição de saúde do candidato. Assim será garantido que a condição de saúde está compatível com a vaga de emprego. Amanhã falaremos do exame periódico.

Exame periódico

Essa avaliação feita periodicamente é onde o médico do trabalho irá avaliar fundamentalmente dois fatores, se houve algum prejuízo a integridade física do colaborador pelos riscos a que se expôs e se sua condição de saúde continua compatível com o seu trabalho. Caso se identifique que possa estar havendo prejuízo à saúde do colaborador, o médico do trabalho irá propor a melhor terapêutica para o funcionário doente e em conjunto a outros setores da empresa irá discutir as causas do que pode ter desencadeado o adoecimento e propor soluções. Amanhã iremos discutir um pouco sobre o exame demissional.

Exame demissional

No momento do desligamento da empresa o colaborador precisa ser avaliado pelo médico do trabalho, será avaliado a presença de doenças que tenham nexo de casualidade com o trabalho, lembro que o trabalho tem que ser fonte de satisfação e não de adoecimento. Além de garantir que o trabalhador demitido possa estar apto do ponto de vista de sua saúde para buscar novas oportunidades de trabalho. Amanhã falaremos do exame de retorno ao trabalho, e tem uma alteração importante com a atualização da norma que define estes exames.

Exame de retorno ao trabalho

É realizado antes do retorno e somente quando um colaborador precisa se ausentar do trabalho por 30 dias ou mais em consequência de acidente ou adoecimento, de natureza ocupacional ou não, ta aí uma alteração em relação ao texto antigo da Norma Regulamentadora 7 (NR7), na atualização do texto, valendo desde 23/03/2020 foi excluído do texto a necessidade de realizar este exame em caso de parto, ou seja, retorno de licença maternidade não precisa mais realizar exame de retorno ao trabalho. Só falta um item da nossa série, exames ocupacionais, amanhã falaremos do exame de mudança de função, ou não é mais assim que se chama este exame?

Exame de mudança de risco (Anteriormente chamando de mudança de função)

Ou exame de mudança de risco ocupacional? Pois é, mudou de nome e faz todo sentido essa mudança, se um colaborador mudar de função em uma empresa, mas essa nova função tem os mesmos riscos ocupacionais que a função anterior, não faria sentido realizar um novo exame, mas isso causava grande confusão já que ao pé da letra o exame era de mudança de função. Mesmo que na redação anterior da NR7 explicava que mudança de função deveria ser entendida como exposição a novos riscos ocupacionais, por cautela fazia-se exame para tudo. Agora com esse novo entendimento, fica mais fácil entender quando este exame é necessário ou não. Assim encerramos nossa série para explicar um pouco sobre os exames ocupacionais! Grande abraço e até a próxima!

O eletrocardiograma, ou ECG

É um exame feito para avaliar a atividade elétrica do coração, observando, assim, o ritmo, a quantidade e a velocidade das suas batidas.
Este exame é feito por um aparelho que desenha gráficos sobre estas informações do coração, e, caso haja alguma doença, como arritmias, sopros ou, até, infarto, estes gráficos, que são interpretados pelo clínico geral ou cardiologista, podem estar alterados.
Na saúde ocupacional este exame tem um papel importante para ajudar ao médico a definir a aptidão para aqueles trabalhadores em que uma alteração cardíaca, como uma arritmia, pode colocar em risco sua integridade física, por exemplo, imagina um trabalhador que se expõe a tarefas em altura ou em espaços confinados e por ser portador de uma arritmia cardíaca não identificada clinicamente, no momento do estresse da atividade laboral sofre uma síncope (desmaio), as consequências podem ser terríveis. Amanhã iremos discutir a importância da audiometria para os trabalhadores.

Audiometria

é um exame que avalia a capacidade do paciente para ouvir sons. Geralmente esse exame é pedido quando, numa consulta médica, o paciente ou seus familiares alegam que ele está “ouvindo pouco”, mas pode servir também para complementar outros diagnósticos (traumas, infecções, condições hereditárias, ocupacionais etc.).
O grau da perda auditiva pode ser verificado em cada ouvido isoladamente e pode se dever a perdas provenientes do ouvido externo, ouvido médio ou ouvido interno, bem como do nervo e das vias auditivas sensoriais ou serem perdas mistas.
O resultado da audiometria geralmente é expresso num audiograma, um gráfico que informa sobre as respostas do examinando aos diversos sons emitidos. Em muitos casos de perda auditiva o exame ajuda a determinar a conveniência de usar ou não um aparelho auditivo e o tipo mais adequado dele. 
É um exame largamente solicitado em saúde ocupacional, a atividade empresarial em muitos casos gera grandes doses de ruído, sons indesejáveis e que se uma pessoa se expõe a um barulho muito alto durante um longo período, fatalmente irá prejudicar a capacidade de ouvir. O principal diagnóstico auditivo em saúde ocupacional é a perda auditiva induzida por níveis de pressão sonora elevados (PAINPSE) e a audiometria é o melhor exame para identificar esta alteração.

Rx de tórax OIT

é um exame específico para acompanhamento de doenças ocupacionais relacionadas ao trabalho. Por usar um protocolo de interpretação próprio e padronizado, pode ser realizado em qualquer lugar do mundo e ser comparado com clareza para saber sua evolução.
Somos acostumados a falar em Rx do tórax sem a sigla OIT (organização internacional do trabalho) rotineiramente como um exame que utiliza radiação para mostrar alterações nos pulmões, coração e ossos do da coluna e costelas do tórax.
Ao acrescentar OIT no Rx de tórax, estamos utilizando uma convenção internacional do trabalho, com informações registradas durante a interpretação do exame voltado para doenças ocupacionais. As sociedades de radiologia de todos os países procuraram desenvolver um método capaz de ser usado em qualquer canto do planeta na interpretação da radiologia de tórax para registrar as alterações decorrentes de exposição a poluentes em áreas de trabalho de um colaborador.
O médico do trabalho ao aplicar o PCMSO na empresa, irá determinar a realização ou não do Rx tórax OIT de acordo com a atividade do trabalhador. De maneira prática, o Rx de tórax registra de maneira clara a condição de saúde do colaborador antes do início das atividades, durante todo o tempo que ele permanece ativo na empresa e na sua demissão. Se em algum momento desse acompanhamento com radiologia do tórax seriada o médico do trabalho observar alguma anormalidade no laudo de Rx de tórax OIT, será possível indicar medidas de proteção e até mesmo remanejar para outro setor da empresa. A aceitação desses exames em qualquer lugar do planeta traz segurança e modernidade para qualquer serviço que oferece esse recurso.

Espirometria ocupacional

Simples, rápido e indolor, o exame de espirometria ocupacional é um dos mais importantes para diagnosticar males respiratórios relacionados ao trabalho. Por isso, o teste aparece em Programas de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) de trabalhadores que desempenham diversas atividades econômicas, fornecendo dados essenciais para evitar agravos à sua saúde. 
É um teste de diagnóstico que mede a capacidade respiratória do trabalhador. Trata-se de uma adaptação do exame geral – com finalidade clínica -, que pode ser bastante complexo em sua forma tradicional, especialmente quando há uso de broncodilatadores. Visando contemplar apenas os objetivos da Medicina do Trabalho, que tem como foco a prevenção de doenças e agravos devido ao ambiente ou atividade profissional, foi criada uma modalidade mais simples do teste.
Nesse formato, o colaborador sopra em um bocal, liberando, com toda a força, o ar dos pulmões para que o aparelho (espirômetro) registre uma série de variáveis que serão analisadas pelo pneumologista. Em seguida, o especialista avalia os gráficos gerados, à luz do histórico do paciente e sua rotina ocupacional, registrando suas conclusões no laudo médico do exame ou atestado de saúde ocupacional (ASO). Observe que, apesar de rápida, a espirometria ocupacional não perdeu a acurácia e a sensibilidade necessárias para triar doenças respiratórias ligadas ao trabalho.
Por fornecer suporte no diagnóstico de patologias respiratórias relacionadas ao trabalho, a espirometria ocupacional exerce um papel extremamente importante, ajudando a manter trabalhadores saudáveis e prevenindo mortes precoces. A espirometria ocupacional é um excelente exame de triagem para colaboradores sadios, uma vez que contribui para o diagnóstico da maioria das doenças que prejudicam o sistema respiratório.
As indicações para realizar a espirometria ocupacional nos funcionários estão dispostas nas Normas Regulamentadoras de segurança e saúde do trabalho, que são publicadas e revisadas pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho. Porém, cabe ao médico do trabalho a avaliação e recomendação do exame de acordo com os riscos ambientais e profissionais aos quais cada trabalhador está exposto. O objetivo dessa análise é garantir que o empregado trabalhe em condições dignas, sem prejuízo à sua saúde e, se necessário, realocar esse colaborador para prevenir qualquer agravo.
5.    Exame clínico, o mais importante é a avaliação do médico do trabalho, com a coleta de dados de anamnese, sinais e sintomas clínicos, será capaz de associado à interpretação dos exames complementares, assunto de nossas últimas análises, será possível determinar com maior segurança possível a aptidão para o trabalho, principalmente quando este envolve atividades especiais, como trabalho em altura, espaços confinados, dentre outros.

© 2020 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon